Lesões ambientais - Golpe de Calor

Esta situação é causada pela acção do calor mas na presença de humidade atmosférica, ou seja, é uma situação desencadeada pela exposição do indivíduo ao calor húmido.
Surge quando o indivíduo é exposto a ambientes muito quentes e também muito húmidos especialmente quando o arejamento é ineficaz. Acontece sobretudo em fundições de metais, padarias e lavandarias.


Perante esta situação o organismo reage com:
- Uma forte desidratação (perda acentuada de líquidos) provocada principalmente pela transpiração excessiva:
- Hipoxia, ou seja, falta de oxigénio, originada sobretudo pelas deficientes trocas gasosas, decorrendo da exposição a um ambiente quente e pouco arejado.
Sinais e sintomas:
- Cãimbras;
- Vertigens;
- Cefaleias (dores de cabeça);
- Astenia (falta da forças);
- Pulso rápido e por vezes fraco;
- Pele húmida e habitualmente fria;
- Palidez;
- Respiração rápida e superficial;
- Apatia (indiferença pelo que o rodeia);
- Hipotensão;
- Inconsciência em alguns casos.

Actuação:
- Manter uma atitude calma e segura;
- Retirar a vítima do ambiente hostil;
- Administrar O2 a 3lt/min;
- Elevação dos membros inferiores;
- Avaliar e registar os sinais vitais;
- Prosseguir com o exame da vítima na tentativa de recolha do máximo de informação;
- Administrar água em pequenos goles em vítima consciente e colaborante.

Sem comentários: