Lesões ambientais - Insolação

Esta situação é causada pela exposição prolongada do indivíduo ao calor em ambiente com pouca humidade atmosférica, ou sej, na presença de calor seco.
Surge habitualmente quando existe uma exposição prolongada a um ambiente quente e bastante seco, como por exemplo, no caso dos atletas num ginásio ou exposição prolongada ao sol.
Na origem desta situação está habitualmente a falência do mecanismo regulador da temperatura, deixando de haver perda de calor por cessação súbita da transpiração. Por vezes esta situação surge da evolução do golpe de calor após falência do mecanismo da transpiração.

Sinais e sintomas:

- Hipertermia;
- Pele vermelha, quente e seca;
- Agitação;
- Convulsões;
- Pulso rápido e fraco;
- Cefaleias;
- Menos frequente é o aparecimento de: pupilas dilatadas, vómitos e inconsciência.
Actuação:

- Manter uma atitude calma e segura;
- Retirar a vítima do ambiente hostil, nomeadamente através da sua remoção para um local fresco e arejado;
- Administrar O2 a 3lt/min;
- Proceder ao arrefecimento corporal pela colocação de compressas húmidas nas axilas, testa e virilhas;
- Não administrar líquidos, apenas humedecer os lábios;
- Avaliar e registar os sinais vitais e manter uma vigilância apertada dos mesmos;
- Prosseguir o exame da vítima na busca do máximo de informação.

Sem comentários: