O Parto

► Preparação para assistir o parto:
- Preparar o kit de parto e o local onde se vai dar o parto;
- Colocar a grávida deitada em decúbito dorsal, com as coxas flectidas sobre o tronco, puxando os joelhos para si e para fora. Se houver tempo colocar sob as nádegas da mulher um resguardo, protegidos com um lençol limpo, deixando a descoberto a região da abertura vaginal;
- Outra pessoa, deverá manter-se junto da cabeça da mulher para ela se sentir mais apoiada;
- Deve ter à mão um balde ou bacia, pois é possível que ela vomite:
- Não se deve dar nada a beber, mas podem-se molhar os lábios;
- Quem vai assistir ao parto, deve retirar os anéis, relógio e pulseiras, lavar as mãos e as unhas e os braços até ao cotovelo, com água e sabão. Deve lavar períneo da mulher com desinfectante e deve calçar luvas esterilizadas;
- Coloca-se de frente do canal de parto. Com a mão esquerda recebe a cabeça da criança, de maneira a esta sair suavemente, durante as contracções, a só fazer força quando sente vontade disso.
Nas apresentações cefálicas, que são muito mais frequentes deve ter os seguintes cuidados:

- Evitar que a expulsão da cabeça se faça de uma forma excessivamente brusca, isto é, evitar que a expulsão provoque graves rasgaduras do períneo da mulher;
- Apoiar a cabeça do bebé sem permitir que a parturiente faça movimentos bruscos evitando rasgaduras.

Quando o nascimento se faz normalmente, a cabeça começa a descer para a vagina da mãe, a qual em cada contracção uterina, sente a necessidade de fazer força (como para evacuar), isto porque a cabeça do bebé faz pressão contra o recto.
A cabeça sairá pela vagina, geralmente com a face voltada para baixo, roda depois de lado, para uma das pernas da mãe. Em seguida, sai primeiro o ombro superior e depois o inferior. Quase de repente, sai, por fim, o resto do corpo.

► Cuidados a ter com o recém-nascido
Depois de o bebé ter saído completamente, deve-se proceder a aspiração das vias aéreas. O recém-nascido deve começar a respirar por si, chorando de seguida.
Se o bebé tem movimentos ventilatórios, iniciar os cuidados ao cordão.

Caso contrário, deve-se iniciar as manobras de reanimação:
- Estimular o recém-nascido, dando-lhe palmadinhas nas plantas dos pés ou esfregando-o ligeiramente. Não lhe deve bater ou metê-lo dentro de água;
- Ter atenção se a criança respira e, se ela não estiver a ventilar deve, de imediato, fazer-lhe a ventilação artificial para a não deixar chegar à paragem cardíaca;
- Caso entre em paragem cárdio-pulmonar, faça R.C.P.

Repetimos o cuidado que deve ter para estar atento e acompanhar o período de expulsão do bebé para que, ao ver sair a cabeça, procure logo se o cordão umbilical está enrolado ao pescoço e estrangula o bebé. Se isto acontecer, calma mas rapidamente, ponha duas pinças no cordão, separadas entre elas (5cm) e, de imediato, corte o cordão antes de sair o resto do corpo do bebé. Assim, evitará a morte por asfixia.

ATENÇÃO:
Após a expulsão completa do corpo do bebé ele continua ligado à placenta, pelo cordão umbilical até este ser laqueado e cortado.
Agora, e, por momentos, os maiores cuidados são para o bebé, por isso deve avaliar os sinais vitais do bebé:
- choro;
- cor da pele;
- temperatura corporal;
- pulso.

► Cuidados a ter com o cordão umbilical após o período expulsivo:
- Colocar o 1.º Clamp ou atar uma fita de nastro esterilizada à volta do cordão à distância de 15 a 20cm do umbigo do bebé e o 2.º a 3cm para o lado da mãe;
- Quando se atam as fitas, devem-se dar, pelo menos 3 nós apertando-os com cuidado para não arrancar o cordão;
- Cortar ao meio dos 2 nós com uma tesoura/bisturi esterilizado;
- Envolver a ponta do cordão numa compressa esterilizada.

Cuidados com a Dequitadura:
- A mãe volta a sentir contracções como aconteceu na dilatação, 15 a 30 min depois do nascimento do filho. Esta fase envolve a expulsão da placenta e denomina-se de Dequitadura.
- Desde o momento do nascimento da criança até que a placenta é expelida, podem decorrer até cerca de 30 min;
- É normal que a mãe, nesta altura, perca sangue. Como defesa contra a hemorragia o útero contrai-se, ficando como uma bola dura;
- Se, por qualquer razão, a expulsão da placenta se prolongar, não espere por ela e inicie o transporte da mãe e da criança para o hospital, depois de o cordão umbilical estar laqueado pela pinça, e de o cortar para poder prestar quaisquer cuidados que a criança necessite de maneira mais adequada e fácil;
- Não espere mais de 30 min pela saída da placenta. Se ao fim desse tempo ela não foi expelida, envolva a extremidade do cordão numa gaze esterilizada e proceda ao transporte. Não retirar a pinça colocada quando cortou o cordão;
- Não deve em caso algum, puxar pelo cordão, apenas suporta e ampara a placenta;
- A placenta deve ser metida num saco de plástico e levada para o hospital para ser observada;
- Se após a dequitadura ocorrer grande hemorragia, pode ocorrer o choque, que terá de tratado;

- Depois de se dar a dequitadura:
- Coloca-se um penso higiénico e manda-se a mãe estender as pernas, tendo previamente retirado os lençóis ou resguardos sujos.
- Durante o período de espera ou transporte, os recém-nascidos perdem calor com muita facilidade. Por isso não deve lavar ou limpar o bebé, mas apenas secá-lo com um lençol ou cobertor, tendo o cuidado de cobrir a cabeça a fim de evitar as perdas de calor, mas deixando-lhe, no entanto, a face exposta para poder respirar. Se ainda não o fez, deve mostrar a criança à mãe e entregá-la a outro elemento da equipa.
- O recém-nascido é ainda muito frágil pelo que todas as manobras devem ser feitas com o máximo de cuidado e suavidade.

► Últimos cuidados a ter:
A mãe e a criança devem ser transportadas para o hospital, para serem examinadas pelo médico. Mesmo que tudo tenha corrido sem problemas, deve insistir, explicando o porquê, do transporte ao hospital;
Não esquecer de levar com a parturiente o boletim de gravidez e os exames complementares efectuados anteriormente.

a Casos particulares no Parto

1 comentário:

Anónimo disse...

olha quero parabenizar a esse blog. muito bom tinha algumas duvidas sobre parto normal, mas depois q li ficou tudo mais claro pra mim!!!!!!espero q continuem trazendo novidades !!!!!!!! esse blog é maravilhosoooooooooo